Festerê no meio da semana.

Então esta semana tive uma desculpa ótima para tirar um dia de folga do trabalho: celebrar o niver do maridio. Foi assim...

Na quarta-feira, levantamos cedinho e fomos tomar o café da manhã numa livraria (ou melhor, no coffee shop da livraria). É uma pena que os donos do coffee shop nunca estão preparados para oferecer um pãozinho com geléia tão cedo, mas na falta de pão tivemos que optar por um pão de banana que apesar de ter um milhão de calorias, estava até muito gostoso.

Com a pança devidamente entupida, atravessamos a rua e fomos ao cinema assistir The Girl with the Dragon Tattoo. Recomendo, apesar de umas cenas serem muito violentas. O outro título dele, Men Who Hate Women (Homens que odeiam mulheres), é muito mais cabível que o primeiro, então já dá para ter uma idéia que não é nada ameno.

Do cinema fomos caminhando até Kings Cross que apesar da fama de ser um bairro cheio de bordéis, prostitutas, drogas e drogados (e não é só fama não, é assim mesmo), tem bons restaurantes, cafés, barzinhos. É um lugar bem pitoresco, e tomando as devidas precauções, pode-se dizer que é um lugar até atraente. Comemos uma pizza muito gostosa (coisa raríssima nesta cidade enorme é encontrar pizza gostosa) e continuamos nossa caminhada de volta à casa, mas tivemos que dar uma paradinha rápida numa confeitaria para comprar um micro bolinho de aniversário.


Já em casa, nada mais importante que fazer um cafezinho e saborear o bolo de chocolate fazendo hora para o jantar no nosso restaurante predileto (Corner 75). Não tivemos que fazer muita hora não, pois aqui se a gente não jantar às 7:30 da noite ficamos sem comer, pois os restaurantes fecham cedo, tipo 10 da noite (e pensar que esta era a hora que eu começava a me arrumar para sair no Brasil).


Desta vez, dispensamos a sobremesa (crepe de creme de nozes com calda de chocolate), pois realmente seria muito, mas muito mesmo para as nossas barriguinhas. Nos contentamos com o langosh (coisa assim bem leve, um pão de batata frito) e o prato principal regados a um vinho húngaro espumante.


Claro que a vontade era ter voltado rolando para casa, pois o esforço de dar um passo foi o mesmo que correr uma maratona, mas vencido este obstáculo chegamos em casa onde a festinha continuou via skype com direito a bolo virtual e apagar de velinhas (a esta altura, eu já estava mortinha na cama).



Parabéns Mellão!

10 comentários:

Ivana disse...

Edelize, parabéns ao maridão!
A comemoração de vocês foi bem o estilo que gostamos, eu e amasiado, também: simples, mas juntos!
Aliás, tu estás tão bonita!
Beijos!

Glau Nott disse...

hmm falando em niver do maridao, o do meu tb ta chegando.. nao sei oq dar de presente =(

Denise disse...

Deu até vontade de ter um maridex pra comemorar assim juntinho também! E que comilança, hein? Parabéns pro seu rapaz!

Cris S. disse...

Parabéns para o maridex!

Adorei a comemoração de vocês - que, digamos assim, privilegiou a pança né? :-) Tanto melhor!!

Você está linda nas fotos, parece que está bronzeada! Conta o segredo!

beijocas e bom começo de semana.

Flávia disse...

Oi De, feliz niver por maridao!
E...vem ca, que casal lindo voces formam!
Beijao.

Mi disse...

parabens pro maridao entao =) Adorei as fotos de vcs! E fiquei de olho nesse bolo de chocolate hmmmmm hehe bjs!

Polly Etienne disse...

Que legal ver fotos de vcs, adorei!!!!!!!!!! vc tá lindona. Eu adorei Kings cross edelize, gostei exatamente dos barzinhos, cafés, na rua de trás é lotada de albergues. Tem sim uns figuras pelas ruas mas nada demais...
bjs
feliz aniversario pro maridex:)

Coisas de Ta disse...

Hola Edelize.
Cheguei atrasada! Mesmo assim felicidades pro seu marido.

Bjus da Ta

Marilia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marilia disse...

Oi Edelize,
Também peço desculpas pelo atraso.
Parabéns pelo marido. Mas, o importante é que vocês estavam juntinhos, com direito a bolo de chocolate e tudo mais. Beijos.

Blog Widget by LinkWithin

Stats

Clicky Web Analytics

Foi assim...