Páscoa na Austrália - I

Já que estamos tão pertinho da Páscoa, resolvi criar uma série de posts (não muitos) contando como a Páscoa é comemorada aqui. Deixarei de lado as comemorações religiosas, por questão de princípio, mas tratarei de relatar coisas como: comida típica (quem sabe até umas receitinhas), tradições, festas, e algumas curiosidades típicas daqui.

O post de hoje é sobre este bichinho aí ao lado. Parece um coelho, um rato, mas é o Greater Bilby, ou simplesmente Bilby, já que o Lesser Bilby foi considerado extinto lá por volta de 1950.

O Bilby é um marsupial de 30cm a 60cm de comprimento e pesa até 2.5K, com um excelente senso de olfato e capacidade de audição, mas os coitadinhos são quase cegos, e talvez por isto eles sejam animais noturnos (é, daqueles que adoram as baladas noturnas).

Eles são típicos da região árida da Austrália, pois adoram a vegetação e insetos destas áreas. São vegetarianos, meio ariscos, preferem viver sozinhos e somente se agrupam quando os hormônios atacam e dizem hora de procriar (espertinhos).

Esta espécie está em risco de extinção devido a vários motivos, entre eles:

  • Gatos selvagem (gato do mato) e raposas que adoram sua carne;
  • Destruição de seu habitat com a introdução de pastagens para a criação de gado;
  • A seca alarmante dos últimos tempos aqui neste continente aliada aos incêndios;
  • E a introdução de coelhos nesta terra!
Os coelhos foram trazidos para a Austrália já na primeira embarcação, mas somente a partir de 1860 eles se tornaram uma peste aqui. Isto foi decorrente da idéia de um britânico, que frustrado com a ausência de coelhos, resolveu importar 24 coelhinhos da Inglaterra para que assim pudesse voltar a praticar seu hobby preferido, caçar coelhos. E como todos sabem, os coelhos são famosos por sua capacidade de reprodução. Em pouco tempo este homem voltou a praticar seu hobby, mas também conseguiu gerar uma dor de cabeça enorme para o país, já que dez anos após a chegada dos 24, os australianos estavam matando/apreendendo em armadilhas cerca de 2.000.000 deles sem fazer mínima diferença no declínio da população!

Os coelhos estão contribuindo para a extinção do Bilby pois:
  • competem pela mesma comida em alguns casos;
  • escavam buracos na terra e acabam desvendando o esconderijo dos Bilbies e os deixando expostos aos predadores;
  • uma das formas encontrada para controlar o número de coelhos foi espalhar veneno pelas áreas de maior incidência, só que esqueceram que os Bilbies também estariam por lá.
E o que tudo isto tem a ver com a Páscoa? Bem, para conscientizar o povo sobre o problema que os coelhinhos trazem aos animais nativos, um grupo lançou uma campanha de trocar o Coelinho da Páscoa pelo Bilby da Pácoa. Assim sendo, é comun encontrar chocolates no formato do Bilby, o Bilby da Páscoa distribuindo chocolates para a criançada em escolas, shoppings e ruas do país.

Porém, a tradição do Coelhinho da Páscoa ainda prevalece. O Bilby tem um lugar de destaque, principalmente entre os turistas, mas a idéia dele tomar o lugar do coelhinho nesta época do ano é ainda muito remota, porém não desmerece o objetivo desta campanha. Tudo que venha ajudar a evitar o risco de extinção de qualquer espécie na terra é muito bem-vindo, e se tiver chocolate gostoso no meio, ainda melhor!

Beijocas.

5 comentários:

odairmariano disse...

Ola...
Desculpe-me pela intromissao em seu Blog mas e que ja tem um bom tempo que eu venho acompanhando seus posts e sinceramente gosto muito da forma que escreve, tenho visitado tambem o da Polli mto bom por sinal tb...
Pra falar a verdade estou me preparando para ir pra Australia tambem minha pretensao e morar por alguns anos estou levantando fundos e me especializando na minha area (TI) pra nao correr o risco de ficar sem emprego por ai...
E o que eu procurava constantemente era exatamente isso oque voce vem fazendo aqui no seu Blog, transmitir um pouco do seu cotidiano, na visao de alguem que nao e autraliano, imagino que tb terei uma visao bem semelhante a sua, por isso ADORO SEU BLOG....
E com relacao aos Bilbs, bem que eles poderia ser rapidinhos como os coelhos ne ajudaria ao menos manter um certo equilibrio, pois eu achei estranho o "Bilbi da pascoa"...
Outra coisa... Puxa q triste saber q os animais dai teem problemas semelhantes aos dos animais daqui, Aqui no Brasil uma das gds vilas dos habitat de especies tanto animais qto vegetais e a Soja pelo fato do Boom economico que os prodiutores estao passando, estao matando tudo e desmatando tudo oq vem para viabilizar a palntacao de soja...
Escrevi d+... rsrsrs...
Mas obrigado por manter o Blog...

Edelize disse...

Odair Obrigadíssima pelo comentário, e não é intromissão alguma. A coisa mais legal de blogar é ler os recadinhos dos amigos.

Que bom que você está achando alguma informação útil, e espero que quando você venha para cá possa validar todas essas minhas impressões.

Olha, tenho certeza que irá gostar. É díficil encontrar alguém que não goste daqui. Nem tudo é um mar de rosas, mas o que vale mesmo é a atitude que cada um tem frente aos desafios.

E você, tem um blog? O Blogger parece dodói e não consigo acessar todos os sites.

Bilby da Páscoa não combina mesmo. Acho que eles até poderiam bater os coelhinhos no quesito procriação, mas como gostam de viver sozinhos, daí já viu, somente quando a mãe natureza os força, hehehe.... Mas, falando sério, acho que tem a ver com o período de gestação, a coelha dá cria de 2 a 3 coelhinhos após 30 dias de gestação, a bilbinha também dá cria de 2 a 3 bilbinhos após duas semanas, mas daí eles ficam na bolsinha da mãe por mais 80 dias!

Beijocas, volte sempre e se quiser dicas de algo que ainda não foi falado aqui no blog, é só falar.

Beijocas.

Polly disse...

Edelize, que gracinha os bilbinhos...eu não sabia da existência deles por aqui...eu achei que eles ficaram lindos na forma de chocolate e é uma pena saber da batalha deles pela sobrevivência :(

Emanoel Alves disse...

eu tambem nao conhecia os bilby... ele me lembrou um desenho da disney... acho q eh Lilo e Stith (acho q o nome eh esse mesmo)

Anônimo disse...

Ola,
Eu faco o BraCCA News que 'e jornal Brasileiro mais antigo da Australia e fucando na net encontrei seu blog. Eu sou voluntaria para o BraCCA (Brazilian Community Council of Autralia Inc) e gostaria de saber se vc estaria interessada em contribuir com materias para o nosso jornal. Eu gostei muito do seu estilo. Infelizmente nao podemos pagar ja que a orgaizacao e formada por voluntarios mas seu nome seria creditado no expediente do jornal.
Fiquei muito interessada em publicar o seus dois textos sobre a pascoa. Estou fazendo a edicao de pascoa e gostaria de usa-los se vc permitisse.
Meu eu email 'e; anidcommunications@hotmail.com
Por gentileza entre em contato comigo via email.

Um forte abraco,

Dani Pontes

Blog Widget by LinkWithin

Stats

Clicky Web Analytics

Foi assim...