“Meme” das atitudes eco-conscientes

A Chris me passou este ''meme'' das atitudes eco-conscientes, e confesso que demorei um tanto para postar pois tive que fazer uma auto-análise bem profunda para identificar qual é a minha postura em relação a este tema. Qual é a minha contribuição?

Tarefa difícil esta tal de auto-análise, pois normalmente os pontos negativos, que estavam ali caladinhos, resolvem dar seus gritinhos. Poderia fazer muito mais e talvez não tenha feito por nunca ter parado para pensar a sério sobre o assunto.

A idéia do meme é a seguinte:

"Poste as 3 atitudes ecoconscientes que você praticou/pratica/pretende praticar na sua vida (ou na sua casa, no seu trabalho, no boteco, etc.) para melhorar a situação ambiental do planeta Terra."

Vamos ver:

  1. Reciclagem: graças à campanha do "lixo que não é lixo" introduzida em 1989 em Curitiba, a reciclagem do lixo passou quase que ser um ato inconsciente para mim. Às vezes acontece uns deslizes, por pura preguiça, e uma caixinha ou outra de papel acaba sendo colocada junto com o lixo orgânico, mas estas são exceções a regra.
  2. No trabalho, imprimo sempre em dupla face (impressora permitindo, é claro), e utilizo os restos de papéis que encontro como rascunho. No final do dia, levo os papéis desnecessários para a lixeira de reciclagem.
  3. Em casa, detesto luzes acesas em lugares que não estão sendo usados, vou apagando. Imagino que esta atitude esteja mais ligada à minha preferência por lugares à meia luz, e o desgosto por luzes fortes (totalmente o oposto do gosto da minha família, não é mesmo pai?). Porém, ela também tem um cunho ambiental, pois quando era pequena lembro-me de uma campanha da Sanepar (companhia de água do estado) que dizia: ''economize água, apague a luz'', e como o meu receio era morrer de sede, lá ía eu apagando luzes.
Ainda não entrei no esquema de trocar as sacolas de plástico do supermercado por aquelas verdinhas reutilizáveis que há nos mercados daqui. Já comprei duas delas, mas sempre me esqueço de levar. É um hábito que quero melhorar, mas fico intrigada com o seguinte: uso as sacolas de plástico do mercado como saco de lixo. Se passar a usar a sacola verde terei que comprar sacos plásticos para o lixo. Não dá na mesma?

Meu pecado ambiental bem grave deve ser o uso do carro. No momento, estou sendo forçada a usar transporte público para ir trabalhar por não haver estacionamento (barato) no centro de Sydney, mas a minha preferência é pelo uso do carro sempre, sempre.

Curiosidades:
  • 60 kilos de papel reciclado evita-se que uma árvore seja cortada
  • na usina de reciclagem em Curitiba são encontrados quase que diariamente objetos de valor histórico ou curiosos. Ao longo dos anos, estes objetos foram coletados e hoje há um museu na própria usina com um acervo de mais ou menos 5000 peças.
  • esta mesma usina produz por mês, aproximadamente, 430 toneladas de material reciclado, ou seja, quase 15.000 árvores são poupadas de corte e 58 toneladas de bauxita deixam de ser extraídas (bauxita é usada na produção de alumínio)
  • neste mesmo lugar eles produzem telhas feitas com tubos de pasta de dente reciclado, e também uma tijolo feito de isopor e garrafas (dizem ser um produto de ótimo isolamento térmico)
E vocês, já pensaram no assunto? Já participaram do meme? Conta aí...

Beijocas.

8 comentários:

Cris disse...

Edelize,
Obrigada por você ter continuado o meme. Obrigada. Sabe que eu também fiquei relutante em postar pois não me acho nenhum modelo ecológico. De qualquer maneira, acho que a reflexão já vale a pena. Legal vc ter mencionado Curitiba e o nosso excelente programa de reciclagem que virou modelo não somente p/ outras cidades do Brasil mas p/ outros países. É bom lembrar das coisas boas do Brasil e Curitiba é uma delas.
Eu também não reutilizo sacolas plásticas qdo vou ao supermercado e uso carro mais do que devo. Seria muito difícil abrir mão do carro aqui. A gente faz o que pode.
bjs,
Cris

Polly disse...

Ei Edelize!!!
Acabei de assistir ao documentário "The incovenient truth", você assistiu? achei muito interessante.

Vou reponder ao meme lá no meu blog, ok???

News: I've got my driver's license :) I'm happy about that! and I have a new friend here, she is brazilian.
beijocas

Marcio Nel Cimatti disse...

Edelize,

Adorei esse post, vira e mexe mesmo tendo o blog com dicas de viagem vivo falando sobre climate change e atitudes ecoconscientes acho que o blog é um ótimo canal para falarmos sobre isso.

Fiquei muito curioso sobre o museu em Curitiba. Quanto estiver pelo Brasil vou fotografar por lá!

Bjo!

Marcio

Maíra disse...

Não participei, mas lendo teu post percebi que pouco faço, poderia fazer bem mais! Reciclo o lixo na maioria das vezes, prefiro comprar coisas de papel reciclado e tb não gosto de luz acesa onde não precisa, mas peco em tantas outras coisas... Vou me policiar mais!
Bjão

luma disse...

Se cada um retirar de sua rotina um vício, pelo menos a consciência melhora né? Andei lendo uns artigos desanimadores, porém tento fazer a minha parte de alguma forma. Quero deixar chances de futuro para meus filhos.
Boa semana! Beijus

Vivi disse...

Amiga não participei da postagem, mas vi q ainda tenho muito que fazer pra melhorar...Obrigada pelos toques.
Bjokas

elaine disse...

Faço algumas coisas, mas ainda tenho muitas atitudes a mudar, acredito que o importante são as pessoas terem consciência e tomar a iniciativa de ser fazer algo em prol de nosso planeta. Uma boa semana para tí, beijos.

Ione disse...

Eu tb não gosto de todas as luzes do apto acesas. Saio apagando tudo que não preciso, mas confesso que tb é mais por gosto pessoal, mesmo. Não compro morangos espanhóis agora porque li no jornal que eles abastecem toda a Europa e precisam de mais água do que a região pode oferecer... Sempre fico de olho nessas coisas. E acho o máximo que aqui tenha reciclagem do lixo. Separo tudinho, com o maior prazer. Peco em algumas coisas, como demorar no banho, preferir andar de carro e sempre que for o caso, em especial no Brasil, usar ar-condicionado... :S
Beijos!

Blog Widget by LinkWithin

Stats

Clicky Web Analytics

Foi assim...